Subsérie 6.2.4 - Escritores em Língua Galego-Portuguesa das Irmandades da Fala

Zona de identificação

Código de referência

ES AGLP ES GA 15700 AGLP FON-6-6.2-6.2.4

Título

Escritores em Língua Galego-Portuguesa das Irmandades da Fala

Data(s)

  • - 2019 (Produção)

Nível de descrição

Subsérie

Dimensão e suporte

Documentação em formatos diversos.

Zona do contexto

Nome do produtor

Fontenla Rodríguez, José Luis, 1944- (1944-02-09/-)

História biográfica

Nasceu em Pontevedra (Galiza), filho de José Luis Fontenla Méndez.
Advogado, escritor, artista e político galego. Ator fundamental no movimento lusófono. Assistiu como membro da Comissão Galega ao Acordo de 1986 no Rio de Janeiro. Foi o principal impulsionador da Comissão de Observadores Galegos participante no Acordo Ortográfico de 1990, em Lisboa, graças à qual a Galiza teve um reconhecimento pela primeira vez num tratado internacional como território lusófono.
Cofundador da Associação Cultural O Galo (Santiago de Compostela), do Partido Galego Social-Demócrata e do Conselho de Forças Políticas. Presidente da Associação Amigos da Cultura de Pontevedra, da Associação para a Defesa Ecologica da Galiza (ADEGA) e da Associação de Amizade Galiza-Portugal. Membro do Conselho de Redação do "Boletim do Ilustre Colegio de Abogados de Pontevedra", do Conselho Assessor da revista galaicoportuguesa "O Ensino", diretor da revista "Nós", "Cadernos do Povo" e ainda de "Temas do ensino de lingüística, sociolingüística e literatura". Participou na criação de diversos projetos culturais como o semanário A Nosa Terra.
Além disso, foi Presidente das Irmandades da Fala da Galiza e Portugal, da Fundação Europeia Viqueira, do Conselho Internacional da Lusofonia, Círculos Republicanos Lusófonos e da Associação Cultural Lusófona portuguesa. Diretivo da Associação de Amizade Galiza-Portugal. Membro da Associação de Escritores em Língua Galega, da Associação Sociopedagógica Galaicoportuguesa, da Associação Pedagógica Jornadas do Ensino, da Associaçom Galega da Língua.
Conferencista em inúmeros congressos e simpósios.
Faz parte da Comissão Lusogalaica Comemorativa do Centenário do Nascimento de Castelão e da Comissão Lusogalaica do Centenário de Pessoa e Otero Pedrayo.
Candidato ao senado de Espanha polo PSG (Partido Socialista Galego) en 1982.

Prémio Ensaio de Convívio, Guimarães, Portugal
Prémio Meendinho 2018
Medalha Comemorativa da Faculdade de Letras "275 Anos da Universidade de São Petersburgo"

Académico de Mérito da Academia Galega da Língua Portuguesa

Nome do produtor

Irmandades da Fala da Galiza e Portugal (1982/-)

História administrativa

Criadas em Seca (Pontevedra) em 1982 e em Braga em 1991. Legalizadas em 20 de agosto de 1983 na Espanha e em Portugal em 8 de agosto de 1991. Os seus primeiros presidentes foram José Luis Fontenla (Galiza) e Mª Rosa da Rocha Valente (Braga), além dos co-diretores Antonio Gil Hernández (Galiza), Cristina Mello (Brasil) e JL Pires Laranjeira (PALOP). O seu objetivo é a defesa da Lusofonia e a promoção da língua portuguesa na Galiza, no Brasil, nos PALOPs (países africanos da língua oficial portuguesa), em Timor, etc.
A associação organiza congressos sobre literatura, língua e cultura lusófona.
Apoia o Acordo Ortográfico de 1990 e promove o intercâmbio cultural e científico entre os países lusófonos.
As suas publicações incluem os periódicos de natureza técnico-científica "Nós", "Cadernos do Povo" e "Temas do Ensino", dirigidos por José Luis Fontenla. Além dos estudos linguísticos e literários, essas publicações contêm a criação literária (poesia, narrativa, ensaio e teatro) de autores lusófonos, mesmo com versões em hebraico, russo, japonês ou inglês.

História do arquivo

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Zona do conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de organização

Zona de condições de acesso e utilização

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Zona de documentação associada

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Zona das notas

Identificador(es) alternativo(s)

Pontos de acesso

Pontos de acesso - Assuntos

Pontos de acesso - Locais

Zona do controlo da descrição

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Nível de detalhe

Datas de criação, revisão, eliminação

Línguas e escritas

Script(s)

Fontes

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Locais relacionados