Documento 17/4-06 - Correspondência do mês de agosto, 1986

Zona de identificação

Código de referência

ES AGLP ES GA 15700 AGLP FON-6-6.1-6.1.1-17/4-06

Título

Correspondência do mês de agosto, 1986

Data(s)

  • 1986-8-14 - 1986-8-26 (Produção)

Nível de descrição

Documento

Dimensão e suporte

6 folhas e 1 envelope

Zona do contexto

Nome do produtor

Fernández Ordóñez, Francisco, 1930-1992 (1930-06-02/1992-08-07)

História biográfica

Francisco Fernández Ordoñez nasceu em Madrid em 2 de junho de 1930 e morreu na capital da Espanha em 7 de agosto de 1992. Formou-se em Direito, aprovou o concurso para juiz com o número um, apesar de ter escolhido ser procurador e ter sido designado para Huelva, onde ficou cinco anos. Em 1959, ele competiu pelo Tesouro, ingressando no Corpo de Inspetores Fiscais do Estado. Depois de expandir os estudos na Universidade de Harvard, ocupou vários cargos no Ministério das Finanças de Espanha até ser nomeado, em 1974, Presidente do Instituto Nacional da Indústria (INI), cargo a que renunciou devido a estar em desacordo com a política do governo Arias Navarro.
Fernández Ordóñez foi uma das principais figuras da política da Transição espanhola. Militante social-democrata, foi eleito deputado da UCD por Madrid em 1977. Nesse mesmo ano, assumiu a carteira do Tesouro, onde deixou realizada grande parte da Reforma Fiscal, incluindo o novo regulamento do Imposto de Renda Geral. Em setembro de 1980, foi nomeado Ministro da Justiça, cargo em que empreendeu a reforma do sistema judiciário e redigiu a controversa Lei do divórcio. Em novembro de 1981, deixou a UCD e, já no PSOE, ocupou a presidência do Banco Estrangeiro de Espanha. Em 4 de julho de 1985, o Presidente do Governo, Felipe González, nomeou-o Ministro das Relações Exteriores.
Ao longo de sua carreira à frente do portfólio de estrangeiros, Francisco Fernández Ordonez fez inúmeras turnés e visitas em diferentes países como chefe do estabelecimento e aprimoramento das relações de Espanha com o resto do mundo. Viveu eventos políticos importantes como o referendo sobre a permanência de Espanha na OTAN, a adesão de nosso país à UEO (União Europeia Ocidental) ou à Conferência de Madrid no Oriente Médio. Em 7 de fevereiro de 1992, assinou o Tratado da União Europeia, assinado em Maastricht. Renunciou ao cargo de ministro em 1992, pouco antes de morrer.

Nome do produtor

Comissão para a integração da língua da Galiza no Acordo de Ortografia Simplificada (1986/-)

História administrativa

Comissão criada para representação da Galiza nos Encontros da Unificação da Língua Portuguesa (Rio de Janeiro, 1986 e Lisboa, 1990).

Nome do produtor

Fontenla Rodríguez, José Luis, 1944- (1944-02-09/-)

História biográfica

Nasceu em Pontevedra (Galiza), filho de José Luis Fontenla Méndez.
Advogado, escritor, artista e político galego. Ator fundamental no movimento lusófono. Assistiu como membro da Comissão Galega ao Acordo de 1986 no Rio de Janeiro. Foi o principal impulsionador da Comissão de Observadores Galegos participante no Acordo Ortográfico de 1990, em Lisboa, graças à qual a Galiza teve um reconhecimento pela primeira vez num tratado internacional como território lusófono.
Cofundador da Associação Cultural O Galo (Santiago de Compostela), do Partido Galego Social-Demócrata e do Conselho de Forças Políticas. Presidente da Associação Amigos da Cultura de Pontevedra, da Associação para a Defesa Ecologica da Galiza (ADEGA) e da Associação de Amizade Galiza-Portugal. Membro do Conselho de Redação do "Boletim do Ilustre Colegio de Abogados de Pontevedra", do Conselho Assessor da revista galaicoportuguesa "O Ensino", diretor da revista "Nós", "Cadernos do Povo" e ainda de "Temas do ensino de lingüística, sociolingüística e literatura". Participou na criação de diversos projetos culturais como o semanário A Nosa Terra.
Além disso, foi Presidente das Irmandades da Fala da Galiza e Portugal, da Fundação Europeia Viqueira, do Conselho Internacional da Lusofonia, Círculos Republicanos Lusófonos e da Associação Cultural Lusófona portuguesa. Diretivo da Associação de Amizade Galiza-Portugal. Membro da Associação de Escritores em Língua Galega, da Associação Sociopedagógica Galaicoportuguesa, da Associação Pedagógica Jornadas do Ensino, da Associaçom Galega da Língua.
Conferencista em inúmeros congressos e simpósios.
Faz parte da Comissão Lusogalaica Comemorativa do Centenário do Nascimento de Castelão e da Comissão Lusogalaica do Centenário de Pessoa e Otero Pedrayo.
Candidato ao senado de Espanha polo PSG (Partido Socialista Galego) en 1982.

Prémio Ensaio de Convívio, Guimarães, Portugal
Prémio Meendinho 2018
Medalha Comemorativa da Faculdade de Letras "275 Anos da Universidade de São Petersburgo"

Académico de Mérito da Academia Galega da Língua Portuguesa

História do arquivo

Fonte imediata de aquisição ou transferência

Zona do conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

Contém o escrito dirigido ao Ministro de Negócios Estrangeiros, Francisco Fernández Ordóñez para comunicar o conteúdo e alcance do Acordo de Rio de Janeiro, assim como a carta de resposta do próprio ministro.

Relação de escritos:


  • Carta ao Exmo. Sr. Ministro de Asuntos Exteriores D. Francisco Fernández Ordóñez, 14/08/1986, 2 f.
  • Carta ao Emo Sr. Presidente da Academia das Ciências de Lisboa, Jacinto Nunes, 18/081986, 1 f.
  • Carta ao professor F. Cristovão, 18/08/1986, 1 f.
  • Resposta do Ministro de Negócios Estrangeiros, Francisco Fernández Ordóñez, 26/08/1986, 2 f. (original e cópia) e envelope

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de organização

Zona de condições de acesso e utilização

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Zona de documentação associada

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Zona das notas

Identificador(es) alternativo(s)

Pontos de acesso

Pontos de acesso - Assuntos

Pontos de acesso - Locais

Zona do controlo da descrição

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Estatuto

Nível de detalhe

Datas de criação, revisão, eliminação

Línguas e escritas

Script(s)

Fontes

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Locais relacionados

Depósito físico

  • Caixa: 17